terça-feira, 23 de agosto de 2016

Criada a Estação Orgânica Grapiúna visando envolver consumidores de Itabuna e Ilhéus

Imagens: Cláudio Lyrio

Em reunião realizada no dia 22/08 no Escritório Local da CEPLAC em Itabuna, o Grupo de Trabalho de Comercialização da Rede Agroecológica Povos da Mata Atlântica  - Ilhéus/Itabuna - deliberou, por unanimidade, a criação da Estação Orgânica Grapiúna. Estavam presentes: representantes dos consumidores de Ilhéus e Itabuna (Igreja Messiânica), agricultores familiares do Pré Assentamento Dois Riachões (Ibirapitanga), Assentamento Nova Vitória (Ilhéus), Assentamento Terras de Santa Cruz (Santa Luzia), técnicos da OCA, COOPERCENTROSUL, COOPERAST, BAHIATER, Instituto Cátedra e representantes da Rede.

O grupo de trabalho, formado por consumidores, produtores e organizações parceiras  /assistência técnica, é fruto dos encaminhamentos definidos na última assembléia ordinária da Rede, realizada no dia 16/08 em Itabuna e tem por objetivo desenvolver estratégias de aproximação ao mercado dos municípios de Itabuna e Ilhéus para a comercialização de produtos orgânicos de forma organizada e contínua, garantindo preço justo, estabelecendo assim relação harmoniosa com o consumidor.
Imagens: Cláudio Lyrio
A Estação Orgânica Grapiúna vai funcionar como um espaço de referência e um  ponto de apoio para entrega das cestas orgânicas direto ao consumidor e  funcionará nos municípios de Itabuna e Ilhéus. A idéia é mobilizar consumidores desses dois municípios, interessados em adquirir produtos orgânicos produzidos por agricultores familiares da região, que fazem parte da rede. Além dos agricultores presentes, foram identificados outros grupos de produtores da região. Aqueles que já foram sensibilizados e estão na Rede, como as Associações AMAREA (Ilhéus) e APAUT (Ilhéus), o Assentamento Santo Antônio (Arataca) e o Assentamento Terra Vista (Arataca). E outros grupos com potencial para fazerem parte da Rede, como  o Pré Assentamento Lajedão (Uruçuca),  a Aldeia Indígena Acuípe do Meio - Vale do Rio Mamão (Ilhéus), o Assentamento Manoel Chinês (Itabuna), o Pré Assentamento Pancadinha (Almadina) e o Assentamento São João (Barro Preto).
Imagens: Cláudio Lyrio
Além da criação da Estação Orgânica Grapiúna, foi realizado levantamento da produção dos grupos presentes e definido o dia 09/09 como a data inicial para a entrega das primeiras cestas. O GT de comercialização ainda ficou responsável em socializar o canal de comunicação virtual para facilitar o acesso às informações, principalmente dos produtos oferecidos pelos agricultores, para os consumidores realizarem seus pedidos. Também foi criado um grupo virtual onde todos os atores envolvidos no processo estarão em contato direto. Para identificar famílias interessadas em adquirir as cestas e dar apoio logístico  ficaram responsáveis em Itabuna  a OCA e a BAHIATER e  em Ilhéus representantes da Igreja Messiânica

Maiores informações contactar (73) 98832- 2215

Um comentário:

  1. boa noite gente aonde posso encontrar organicos aqui em itabuna.graos,legumes , verduras e frutas. meu contato 73 988222104 mario

    ResponderExcluir